O tom é que gera a música

Quando os alunos em outros países, por exemplo, na Espanha ou na França, têm de escolher entre alemão ou outra língua estrangeira, eles escolhem com frequência a outra língua. Alemão não é a língua mais apreciada. E quando se pergunta por que isto é assim, ouve-se frequentemente que o alemão não é fácil. Muita declinação, muitos gêneros, muitas regras, muitas exceções. Isto assusta! Entre os preconceitos sempre citados sobre a língua alemã está também a alegação de que ela não soa bonito. Mas quem se ocupar um pouquinho mais com a língua alemã, vai descobrir uma beleza maravilhosa, vigorosa, na harmonia das sílabas. Como em todas as línguas, depende de quem a fala – e como. O tom é que gera a música.

Fabiana de Oliveira, professora de Alemão e Inglês

Schreibe einen Kommentar

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden /  Ändern )

Google Foto

Du kommentierst mit Deinem Google-Konto. Abmelden /  Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden /  Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden /  Ändern )

Verbinde mit %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.